7 vantagens de um curso tecnólogo

Vantagens de um curso tecnólogo

Os cursos tecnólogos ganham força no Brasil e seus estudantes já representam 13% do total de alunos matriculados em cursos superiores no País. O crescimento foi de 768% de 2003 a 2013, enquanto cursos de bacharelado aumentaram 89% e os de licenciatura 55%, de acordo com o Censo da Educação Superior – dados de 2003 a 2013.

Quais fatores influenciam no crescimento da Graduação Tecnológica?

Os cursos tecnólogos – também chamados de Graduação Tecnológica ou Curso Superior de Tecnologia – foram criados em 1969 como uma alternativa ao modelo padrão de ensino superior. Após variadas tentativas de alavancá-lo, foi em 1997 que ele ganhou espaço, já que um decreto regulamentou a oferta dos cursos por entidades privadas.

Essa modalidade de curso possui diversos atrativos. Veja alguns exemplos:

1-Duração reduzida

Os cursos, de 2 ou 3 anos, permitem que os estudantes se formem mais rápido. Essa redução do tempo favorece àqueles que têm pressa para ingressar no mercado de trabalho ou mesmo aqueles que desejam buscar vagas em uma área de atuação diferente daquelas em que já estão inseridos.

2- Foco na prática

Oferece disciplinas sobre Processos Gerenciais, mas em número reduzido. O tecnólogo nesta área, por sua vez, prepara o estudante para o setor durante dois anos (com teoria e prática).

3-Reconhecidos pelo MEC

O currículo mais prático permite que os estudantes consigam atuar na área antes mesmo de se formarem. Também por esse motivo, o índice de empregabilidade de alunos dos cursos tecnólogos é bastante alto: aproximadamente 90% dos estudantes conseguem emprego antes mesmo de se formarem, sendo que 79% deles trabalham na área de interesse.

4-Alta empregabilidade

O currículo mais prático permite que os estudantes consigam atuar na área antes mesmo de se formarem. Também por esse motivo, o índice de empregabilidade de alunos dos cursos tecnólogos é bastante alto: aproximadamente 90% dos estudantes conseguem emprego antes mesmo de se formarem, sendo que 79% deles trabalham na área de interesse.

5-Menor investimento financeiro

Os cursos de Graduação Tecnológica possuem custo menor que os de graduação tradicional. Além disso, as mensalidades mais baixas são pagas por apenas dois ou três anos, tornando esta opção mais atrativa para quem não tem condições de arcar com altos valores por períodos longos.

6-Reconhecidos pelo conselho de Administração

Atualmente, existem cursos tecnólogos nos eixos tecnológicos de Ambiente e Saúde, Controle e Processos Industriais, Desenvolvimento Educacional e Social, Gestão e Negócios, Infraestrutura, Militar, Produção Cultural e Design, Produção Industrial, Recursos Naturais, Segurança e Turismo, Hospitalidade e Lazer.

Aqueles que são do universo da Administração, como os de Gestão Hospitalar, Gestão Pública, Processos Gerenciais e tantos outros, são reconhecidos pelo Conselho Federal de Administração. Isso significa que os formandos podem solicitar a carteira de identidade profissional e exercer legalmente a profissão.

7- Áreas específicas

Em vez de um estudo mais amplo, os cursos tecnólogos são focados em uma área específica do conhecimento. A graduação tradicional de Administração, por exemplo, oferece disciplinas sobre Processos Gerenciais, mas em número reduzido. O tecnólogo nesta área, por sua vez, prepara o estudante para o setor durante dois anos (com teoria e prática).

Existem 134 modalidades de cursos tecnólogos reconhecidos pelo MEC atualmente. Se interessou por algum deles? Então veja algumas dicas para estudar para o vestibular e comece ainda este ano a trilhar um novo caminho profissional.

 

Deixe seu comentário